Review | Boneca Russa

eucv0GyeoIcVEbpBIRK3BKQn4uZEsqueça tudo que você sabe sobre filmes e séries onde o protagonista é forçado a reviver centenas de vezes o dia de sua morte, pois essa série não se compara a nada já criado pelo ser humano!

Eu precisava começar esse review quebrando o estigma que pode levar muitas pessoas a deixar essa série de lado e não dar uma oportunidade para o que ela pode nos oferecer. Eu mesma quando li o resumo e vi que se tratava de uma série sobre uma mulher que revivia o dia da sua morte várias vezes, pensei que seria apenas mais um clichê como os filmes Antes Que Eu Vá e A Morte Te Da Parabéns, porém me surpreendi já no primeiro episódio.

Boneca Russa conta a história da melhor personagem fictícia da vida, Nadia, que morre no dia do seu aniversário. Até ai tudo bem, ela passa alguns episódios achando que esta sob o efeito de drogas, morre, morre de novo, até que um dia o estranho acontece: ela conhece um cara que esta passando pela mesma coisa que ela.

E é a partir dai que a trama muda totalmente de figura. Os dois embarcam juntos em uma ‘jornada’ maluca, hilária e dramática, para descobrir qual o propósito de tudo aquilo e o que um significa na vida do outro.

A série contem 8 episódios e acredite, você não vai conseguir parar de assistir quando começar. Em alguma parte do último episódio você vai se encontrar de queixo caído, falando UAU a cada 5 segundos, sem brincadeira. A série é como eu costumo dizer, ‘mind blowing’.

Eu amei demais da conta essa série, e indico pra vocês com a total certeza de que todo mundo vai amar, sério, não tem como não amar, é DEMAIS!

Obs: se você gosta de Orange Is The New Black vai ver alguns rostos bem familiares, começando pela protagonista.

Nota: 5/5

 

Anúncios

Resenha | Frankenstein

Primeiramente gostaria de pedir perdão a todos os fãs dos livros clássicos, mas ler livros com vocabulário culto demais simplesmente me da nos nervos e eu não consigo apreciar a leitura da forma como gostaria. A leitura não foi tão rápida quanto poderia ter sido, e eu confesso que em momentos tive que reler páginas inteiras após finalizadas por falta de compreensão, mas no final creio que tenha valido a pena.frankenstein_comentado_0.jpg

 

 

Resumo: Frankenstein é o primeiro clássico da literatura de horror.  A autora tinha dezenove anos quando o escreveu em 1818. É a história de um estudante de mesma idade – Victor Frankenstein – que constrói uma criatura horrenda. Ao despertar para ao mundo, o monstro se vê rejeitado por todos. Daí sua tragédia e a terrível vingança que imporá ao seu criador.

 

 

Como vocês já sabem, o primeiro livro que eu li esse ano foi um livro baseado no clássico Frankenstein, e como eu amei a história em questão, resolvi ler o clássico em seguida.

Vou começar dizendo algo que com certeza será muito julgado, que é o fato de eu ter gostado muito mais do livro derivado, Uma Obsessão Sombria, do que do original.

A história não é ruim, não me levem a mal, a trama é tão boa quanto imaginei que fosse, assim como os personagens, e as descrições são super bem detalhadas do jeitinho que eu gosto. Porém, entretanto, todavia, como eu disse anteriormente, o uso excessivo de vocabulário culto me deixa até meio zonza as vezes. Pode ser ignorância minha? Pode. Porém não gosto e é isso.

Também pode ser pelo fato de ter lido o outro livro antes, mas achei que faltou um ‘que’ de misticismo, de magia, de alquimia, faltou um toque de empolgação e ação na história. Eu já sabia que a origem do DR. Frankenstein contada no livro Uma Obsessão Sombria não tinha nada a ver com a realidade contada em Frankenstein, mas eu esperava que a realidade fosse pelo menos 1/3 tão legal, envolvente e empolgante quanto foi a falsa.

Tirando todos esses detalhes pequenos e comparações a parte, fiquei muito feliz de ter finalmente lido um clássico da literatura, e por ter, mesmo com certa dificuldade, entendido toda a história em sua essência original.

Recomendo muito a leitura desse livro para quem, assim como eu, só conhece o básico sobre Frankenstein, ou só viu os filmes, e não sabe realmente sobre o que se trata.

OBS: O monstro tem um lugar especial reservado no meu coração, e caso alguém o odeie, vocês não podem viver no mesmo planeta que eu, sinto muito. É isso. E o Victor Frankenstein é um babaca.

 Nota: 2,5/5

Review | Tonalizante Keraton Cobre ruivo natural

Olá meus amores, tudo bem com vocês? Hoje eu vim compartilhar com vocês o primeiro tonalizante que eu tive o prazer de testar desde que comecei a minha saga ruiva e a minha opinião sobre o mesmo.

Se você é ruiva de farmácia, como eu, você sabe que existem as mais diversas marcas de tonalizante ruivo no mercado. Outros tonalizantes, além do Keraton, também considerados bons são esses:

  • Ruivosa, Lola Cosmetics (em média 35, 40 reais)
  • Os diversos tons da marca Kamaleão (venda exclusiva online, em média 35 reais)
  • C. Kamura conhaque (em média 25 reais)

Geralmente você só encontrará esses tonalizantes em lojas especializadas em produtos de cabelo e não em farmácias normais. Eu encontrei o Keraton em duas lojas da minha cidade, na primeira paguei R$29,90, já na segunda consegui comprar por RS19,90, então o preço varia.

Como vocês podem ver no vídeo abaixo, na primeira utilização eu misturei o tonalizante com creme branco para render mais, porém eu gostei mais do resultado tonalizando com o produto puro.

No vídeo eu mostro o passo a passo muito simples de como aplicar o tonalizante, lembrando sempre que tonalizante não é tinta, não possui muitos químicos e portanto não ira cobrir nem tingir suas raízes naturais.

Rendimento: 2 aplicações

Duração: em média 6 lavagens, mas pra mim mesmo depois de mais lavagens o cabelo ainda continuou laranjinha e não ficou aquele amarelo/verde feio

Preço: vale a pena, acho que é o tonalizante mais em conta considerando o preço

Resenha | Uma Obsessão Sombria

Começando o meu desafio de ler ao menos um livro por mês em 2019, terminei janeiro finalizando a leitura do livro Uma Obsessão Sombria, e é claro, não poderia deixar de compartilhar com vocês o que eu achei da história.

imagem

 

Sinopse: Nesse livro, baseado na clássica novela de terror de Mary Shelley, Frankenstein, conhecemos o jovem Victor, que depois se tornaria o cientista que deu vida à famosa criatura. A história começa quando, aos 16 anos, ele entra numa viagem sinistra que mudará sua vida para sempre. Abalado pela doença misteriosa e incurável de seu irmão gêmeo, Victor se deixa levar pelo mundo perigoso da alquimia e sai em busca de ingredientes nada convencionais, mas que teriam o poder de criar o Elixir da Vida. Victor sabe que não pode falhar. Mas ele não imagina o quanto precisara sacrificar em nome dessa empreitada.

Eu confesso que encontrei esse livro perdido pela biblioteca da empresa e só optei por lê-lo pois estava completamente entediada em uma segunda-feira qualquer. E graças a Deus.

Que história, amigas e amigos. Eu, como boa amante de ficção, devorei o livro em questão de dias e AMEI do inicio ao fim. Com personagens incríveis, muita aventura, suspense e até mesmo romance e triângulos amorosos, eu posso garantir que Uma Obsessão Sombria é um livro que vale a pena entrar para a sua lista de leitura.

Eu amei tanto o enredo e a história dos Frankenstein que comecei a leitura do original assim que possível e também estou amando. Recomendo ambos e logo, logo teremos resenha desse aqui no blog também!

Sem mais delongas, recomendo a leitura para todo amante de ficção ou amantes do clássico Frankenstein. É uma leitura leve, sem enrolações, super fluída e muito envolvente.

Nota: 4/5

Resenha | Um Homem de Sorte

livro-um-homem-de-sorte-nicholas-sparks-edico-antiga--D_NQ_NP_752347-MLB27915171723_082018-F    

 

 

Sinopse: Logan Thibault volta da guerra do Iraque com a certeza de que seu talismã durante o conflito foi a fotografia de uma mulher que ele não conhece. Ele se aproxima dela sem lhe contar a verdade e se envolve em sua vida e com sua família.

 

 

UM DOS MELHORES ROMANCES QUE EU JÁ LI NA VIDA! Sem mais. Um Homem de sorte foi mais um livro aleatório que achei na pequena biblioteca da empresa e resolvi dar uma chance, amém biblioteca da empresa haha

Nunca fui muito fã de livros de romance, mas agora descobri que era unicamente porque nenhum outro livro era como esse. Nicholas Sparks conseguiu se superar novamente, criando uma história imprevisível, cheia de suspense, amor, química e com uma trama super fluída e leve. A narração da história é dividida entre três personagens: Logan, Beth e Keith, respectivamente o mocinho, a mocinha e o vilão, e isso nos da a chance de nos conectarmos com todos os personagens em níveis diferentes e conhece-los de diferentes pontos de vista. Um Homem de Sorte é muito mais um romance família do que um romance homem/mulher, abordando durante a história a relação entre Logan, Nana e Ben, a avó e o filho de Beth, e os problemas familiares rodeando a guarda do Ben e sua relação com o pai, Keith, e sua família.

Esse é um livro leve, envolvente e que eu com certeza recomendo para todos os amantes de literatura.

OBSERVAÇÃO: Não deixem a PÉSSIMA adaptação do livro para o cinema lhes enganar. Aquele filme é totalmente sem pé nem cabeça e nem deveria levar o mesmo nome do livro. Dito isso, espero que tenham uma ótima leitura haha

Nota: 5/5

Review | You (Você)

Chegamos com mais um review recém saído do forno de uma das séries mais polemicas que eu já tive o prazer/desprazer de assistir nos últimos tempos: YOU (em português, VOCÊ).

3_netflix-you-trailerA série conta a história do simplório Joe (Penn Badgley), gerente de uma livraria, cujo objetivo na vida é encontrar uma pessoa que corresponda a suas expectativas, uma pessoa boa, melhor do que a maioria. Quando conhece Beck (Elizabeth Lail), ele acredita que encontrou o que procurava.

Sua paixão pela jovem escritora é quase que automática, mas desde o princípio ele demonstra hábitos excessivos de obsessão e perseguição, acompanhando a moça em todas as redes sociais assiduamente, checando os locais que ela frequenta, e no momento em que percebemos que ele sofre de sérios transtornos, descobrindo o seu endereço e passando horas a observando do lado de fora da janela (CREEPY ALERT!).

Vamos começar falando do elenco e dos personagens incríveis, mas ao mesmo tempo detestáveis que fazem a série ser tão boa quanto é. O elenco conta com grandes nomes como Penn Badgley, o Dan de Gossip Girl, Shay Mitchell, a Emily de Pretty Little Liars, John Stamos, nosso amado Jesse de Full House e Elizabeth Lail, que foi a Anna de Frozen em Once Upon a Time.

elizabeth-lail-penn-badgley-shay-mitchell-and-john-stamos-news-photo-1010946456-1547414407
Da esquerda para a direita: Elizabeth, Penn, Shay e John

Já os personagens por sua vez, me levaram a loucura absoluta. É bem difícil decidir pra quem você esta torcendo no decorrer da temporada, pois todos os personagens conseguem te fazer sentir ambos, ódio e amor, ou talvez ódio e piedade, porque amor é uma palavra muito forte.

YOU é uma das melhores séries dramáticas que eu já assisti na vida, além de abordar perfeitamente assuntos importantíssimos como relacionamentos abusivos, problemas psicológicos e amor próprio, ainda tem um final que não nos decepciona, mas também não nos satisfaz 100%, deixando aquele gostinho de quero mais.

Eu indico essa série pra todo mundo que pede a minha opinião, e agora estou indicando pra vocês. Se preparem para passar muita raiva, defender psicopatas em alguns momentos, odiar a mocinha e depois mudar de ideia de novo, porque essa série é uma montanha russa de emoções.

Confiram o trailer!

FUNKO | Novos membros da coleção

1 eOlá! Tudo bem com vocês? Eu acho que todo mundo que me acompanha por aqui, pelo instagram ou pelo youtube já sabe que eu coleciono Funko Pop’s. Pra quem não sabe, Funko Pop’s são esses bonequinhos cabeçucinhos LINDOS, que no exterior são vendidos a preço de banana e aqui custa em média 100/200 reais.

Eu já tenho um vídeo no canal mostrando os Funkos que eu comprei enquanto estava nos EUA, mas dessa vez vim mostrar pra vocês minhas 3 novas aquisições: Gaston, Cogsworth e Eleven!

2 e3 e4 e516Na mesma coleção do Cogsworth, também temos a Mrs. Potts e o Chip, o Lumiere e a Bela (essa edição da Bela é a mais feia, com essa franjinha dividida no meio haha). Lembrando que essa minha coleção da Bela e a Fera é a coleção da animação e não a coleção da live action.

678914Da coleção do Gaston também temos a Fera mais linda de todas, que eu ainda terei, e as duas Belas com a roupinha rosa.

Tanto o Cogsworth quanto o Gaston custaram R$59,90 em uma loja de vídeo games aqui da minha cidade.

1213111015Eu estava atrás da Eleven sem peruca e com os Eggos a MUITOOO tempo nas lojas físicas, até que chegou meu aniversário e meu namorado comprou ela online pra mim. Toda a coleção de Stranger Things é MARAVILHOSA. Meus preferidos e próximos da lista são os da Joyce e o do Steve!

Então por hoje é isso, eu estou com olhos brilhando com os novos membros da minha coleção/família de funkos. Meu vício só aumenta e quero comprar mais e mais!

E vocês? Colecionam alguma coisa? Tem algum Funko POP!? Se sim, comentem aqui embaixo.