Review |BAYWATCH

Olá, tudo bem com vocês? Hoje eu vim falar pra vocês sobre uma das melhores comédias que eu já assisti nos últimos tempos: BAYWATCH!

Quando eu vi esse filme em cartaz, lembro que não dei muita atenção, mesmo tendo um dos meus atores de comédia favoritos como protagonista (Dwayne Johnson), mas acabei dando uma chance e mordi a língua feio.
screen-shot-2017-04-19-at-9-32-34-am-copy.jpg

Sinopse: “O ex-atleta olímpico Matt Brody quer se juntar a uma equipe de salva-vidas de elite liderada por Mitch Buchannon. Quando as drogas e o suspeito dono de um resort ameaçam a baía, Mitch e Matt precisam colocar suas diferenças de lado e entrar em ação.”

Crítica: O filme tem um elenco INCRÍVEL, como eu já disse, o elenco conta com o ídolo supremo Dwayne Johnson, com meu crush de infância Zac Efron e com a minha crush SUPREMA Alexandra Daddario (vocês já viram essa mulher?).

Falando de fotografia, as imagens são impecáveis, a palheta de cores é a clássica de filmes praianos, que nunca deixa a desejar, e no fim das contas, quem consegue focar em detalhes negativos da fotografia quando temos em cena apenas beldades de maio e sem camisa, não é mesmo?Baywatch-elencoPra quem não sabe, BAYWATCH é uma refilmagem de uma série clássica dos anos 90, que lançou no mundo do cinema dois nomes que todo mundo conhece, Pamela Anderson David Hasselhoff. Quem nunca assistiu essa série, mas é fã de Friends, deve lembrar com certeza da clássica cena do Chandler e do Joey assistindo Baywatch apenas pra ver as meninas correndo de maio em câmera lenta hahahBaywatch-tvEu super recomendo esse filme pra todo mundo que gosta de uma boa comédia!

cuplover_arabesco

posted by Fernanda Tomás

Anúncios

De volta pra minha terra!

Olá! Tudo bem com vocês?

Hoje fazem 5 dias exatos que cheguei ao Brasil, que convivo com a minha família no dia a dia e que morro de saudades constantemente do meu namorido!

Só quem retorna pra casa depois de tanto tempo longe sabe como é estranho o sentimento. Eu mantive contato diário com a minha família quando estava no Brasil, e talvez isso tenha sido um dos motivos pra eu ter reagido ao meu retorno da forma como eu reagi.

Mas o ponto principal é que eu não senti NADA, isso mesmo. Do momento em que eu cheguei, até agora, ainda parece que eu nunca sai daqui. As coisas estão exatamente iguais, as pessoas estão exatamente iguais, e isso me assusta um pouco, porque é difícil ser a pessoa nova que eu sou perto das pessoas antigas, mas a ultima coisa que eu quero é voltar a ser o que eu era, Deus me livre!

A sensação de estar em casa, dormir na minha cama, estar no meu quarto, são sensações extremamente familiares pra mim, e eu acho particularmente bizarro como um ano todo se passou, e eu sinto como se tivessem sido dias.

Minha vida estava muito boa nos EUA, muito estável, eu estava muito feliz, então obviamente eu me pego o tempo todo sentindo saudades, comparando aqui com lá e etc, e acho que também é devido a isso que eu nunca senti tanta saudade assim de casa.

Os primeiros meses nos EUA foram os mais difíceis, a adaptação foi um pesadelo, eu tive muita homesick e chorei como nunca havia chorado antes, mas os últimos 6 meses, nos quais eu não era mais AU PAIR, e também não morava mais com estranhos, mas sim com o amor da minha vida, foram os melhores 6 meses da minha vida, e a saudade virou apenas uma lembrança.

Resolvi escrever esse texto, não apenas para atualizar vocês de tudo que esta acontecendo na minha vida no momento, mas também como uma lembrança pra mim mesma sobre esse momento tão importante. Vou tentar registrar em forma de texto o máximo que eu conseguir sobre esse tempo tão importante pra mim!

Um beijo!

cuplover_arabesco

A coleção de bolsas da Disney que vai te tirar o fôlego!

Danielle Nicole é o nome da designer que criou essa coleção INCRÍVEL de bolsas, mochilas e necessaires inspiradas nos filmes mais famosos da Disney. E essa coleção, que contém mais de 30 peças, esta levando os fãs das animações a loucura (me incluam nesse grupo, por favor).

Nessa coleção você vai encontrar bolsas em todos os modelos e formatos que você imaginar, desde bolsas no formato do rosto dos personagens, até no formato de objetos dos filmes, como a rosa, o bule e a xícara de chá de “A Bela e a Fera”. As bolsas são muito bem detalhadas, decoradas e trazem muitos apetrechos e cores brilhantes e chamativas! Pra quem se interessou, a marca americana envia para todo o mundo, e as bolsas custam de $18 a $88 dólares! Você pode encontrar essas e mais bolsas AQUI!

E ai, o que vocês acharam? Mais alguém aqui esta louca por uma dessas?

(Cliquem nas fotos para expandir!)

Dia dos Pais | Os melhores pais da televisão

Primeiramente, feliz dia dos pais a todos os pais e ‘pães‘ que estão lendo esse post!

Nessa data tão especial eu decidi trazer pra vocês um post falando dos melhores pais da televisão, ou pelo menos os meus favoritos! Vamos seguir então com a minha lista de paizões da porra!1Tio Phill – O primeiro paizão da nossa lista é o melhor pai/tio que você respeita, um dos melhores personagens do clássico Um Maluco no Pedaço, o Tio Phill. Ele sempre foi uma figura forte, firme, as vezes mal humorado, mas acima de tudo um homem com um coração gigante, que nunca media esforços quando se tratava dos seus filhos ou do tão amado sobrinho, Will.
2Danny Tanner – O pai do século. Pra quem não conhece, Danny Tanner é o paizão da família Tanner, da série Três é Demais. No enredo, após a morte da esposa, ele se encontra sozinho com quatro filhas para criar, e mesmo com todas as dificuldades ele sempre deu muito amor e carinho pras suas meninas. Um exemplo de como ser um bom pai!3Marlin – O pai que correu meio mundo atrás do seu menininho, ou peixinho, como preferirem, com certeza merece ser citado. Um dos melhores filmes infantis de todos os tempos, Procurando Nemo nos mostra como amor de pai não tem limites.4Charlie Swan – O pai que sempre me fez dizer: “Ah como eu queria que ele fosse meu pai!”. Quem me conhece sabe que minha saga favorita é e sempre foi a saga Crepúsculo, então eu já assisti nosso amado Xerife Swan sendo o paizão que ele é milhares de vezes. Desde o primeiro filme ele sempre teve MUITOS motivos para se preocupar com a nossa protagonista. Acidentes, doenças, pesadelos, más companhias, desaparecimentos, até a gravidez inesperada e a vida misteriosa que ele teve que assimilar no último filme. Eu sempre fui e sempre serei #TEAMCHARLIE!5Julius – “Quando eu era garoto não precisava de roupa especial, ter roupa já era especial.” Se você já assistiu Todo Mundo Odeia o Chris (o que todo mundo já deve ter feito), vai reconhecer essa frase e o jeitinho clichê de falar de dinheiro que apenas o pai do Chris tem. Ele sempre foi durão, mas sempre arrancou boas risadas do público e sempre fez o melhor pelos seus filhos.6Christopher Gardner – Um dos melhores e mais dramáticos filmes de um dos meus atores favoritos, Will Smith arrancou lágrimas de todos no filme A Procura da Felicidade, onde ele interpreta um pai solteiro, com a vida em ruínas, que passa por todos os perrengues possíveis para dar pro seu filho uma vida digna. Se você ainda não assistiu esse filme, hoje é o dia!7E por último, mas não menos importante, o pai mais amado da televisão mundial, e também o mais engraçado e excêntrico de todos, Homer Simpson. Apesar de todas as brincadeiras, piadas e loucuras desse paizão, lá no fundo a gente sabe que ele ama seus filhos e faria de tudo pra eles. Existem muitos episódios na série em que vimos o quanto ele abriu mão na vida para que as crianças tivessem uma vida melhor, como por exemplo o episódio em que ele volta a trabalhar na usina quando descobre que a Marge está grávida da Maggie.

Madame Tussauds – Orlando

Olá! Tudo bem com vocês? Eu tenho certeza que pelo menos uma vez na vida vocês já devem ter ouvido falar dos famosos museus de cera Madame Tussauds!

Eles estão distribuídos por algumas das maiores cidades do mundo, como Paris, Los Angeles, Londres e Orlando. E o que a gente encontra la dentro? Nada mais, nada menos do que estatuas de cera dos nossos artistas favoritos!

Na última semana eu tive a chance de visitar o museu aqui de Orlando, eu esperava que fosse bem maior, mas mesmo assim foi uma experiência incrível e eu obviamente tirei muitas fotos pra compartilhar com vocês!

IMG_2432IMG_2452IMG_2468IMG_2436IMG_2487IMG_2458IMG_2504IMG_2509IMG_2498IMG_2478IMG_2521IMG_2537IMG_2520IMG_2551IMG_2526IMG_2540Espero que vocês tenham gostado! E se tiverem a chance de visitar um desses museus, aproveite porque vale a pena!

Au Pair no more

Primeiramente, boa tarde! Hoje eu vim falar com vocês sobre uma coisa que eu já falei faz algum tempo no canal, mas nunca compartilhei com quem me acompanha aqui no blog, vim falar sobre a minha saída, não abandono, apenas uma saída emergencial, pro meu próprio bem, do programa de Au Pair.

Quando eu tomei a decisão de vir para os EUA, eu nunca imaginei que tantas coisas poderiam dar errado, e ao mesmo tempo nunca imaginei que tantas coisas erradas poderiam me levar até as coisas certas, mas a vida, e esses meus 11 meses de EUA, me mostraram o contrário.

É claro que eu esperava concluir o meu ano como Au Pair, é claro que eu queria viajar o país todo, ter uma host Family maravilhosa e crianças que eu amava, e por um tempo eu até tive uma pequena parte disso. Tive viagens que vou lembrar pra sempre, e crianças que eu amava do fundo do meu coração, mas infelizmente, a sorte não sorriu pra mim no quesito famílias. Na verdade ela pode até ter sorrido da primeira vez, mas quem sabe o calor do momento, o choque cultural, a homesick que me pegou desprevenida, me fizeram tomar a decisão de sair de lá, e vir para a Flórida, lugar que eu odeio, by the way, mas foi onde eu encontrei amigos que eu levarei pra vida toda, amigos que me apoiaram nos momentos mais difíceis, quando nem eu mesma sabia o que fazer, e o mais importante, encontrei o amor que eu achava que nunca encontraria.

A vida surpreende a gente, assim como eu falei em um dos últimos posts aqui do blog, todas as nossas decisões, todas as coisas boas e ruins, nos trouxeram onde nós estamos hoje.

Eu estou virada de cabeça pra baixo, quase completando meu primeiro ano de EUA, com a passagem comprada pra casa e planos a mil por hora para o ano de 2018. A ansiedade de voltar pra casa e rever as pessoas de quem eu sinto tanta falta, mas também o medo e a angustia de deixar pra trás a pessoa mais importante que eu podia ter encontrado no mundo.

Mas é como eu costumo dizer, a vida é uma caixinha de surpresas, é feita de escolhas, que consequentemente te levam a pessoas e a lugares. E você sempre vai ter aquele E SE na cabeça, mas o mais importante é tentar ao máximo usar as coisas ao seu favor, ser feliz da maneira que for possível.

E pra todas as pessoas que me julgaram e me julgam pelas minhas decisões, eu estou feliz, então não importa o comentário que você fizer, não importa o quanto você achar que sabe de mim, sendo que na verdade não sabe de nada, eu vou continuar feliz, muito mais feliz do que eu era como Au Pair. E no fim não é sobre isso que a vida se trata? Ser feliz, no matter what?

Agora deixo vocês com o famoso vídeo do fim do programa de Au Pair na minha vida, e com esse texto, talvez vocês possam entender um pouco mais da história!

Review | Para Sempre Cinderela

IMG_2794IMG_2795Lá vem a viciada em contos de fadas novamente, dessa vez, com mais um filme sobre nossa querida Cinderela, dessa vez um filme mais antigo, de 1998, com nada mais nada menos do que Drew Barrymore interpretando nossa princesa.

Esse filme começa como uma história, uma parente distante de Danielle (a Cinderela), convida os irmãos Grimm para conhecer a real história por trás do conto, a história que virou lenda, e depois conto de fadas.

Nesse filme você não vai encontrar fadas madrinhas, nem aboboras se transformando em carruagens e ratos em cavalos, nessa história tudo é real, e pela primeira vez você pode realmente testemunhar o como e o por quê do príncipe se apaixonar pela criada.

É de longe um dos melhores filmes baseados no conto de fadas que eu já assisti, um filme que te leva a amar mais intensamente ainda a história da Cinderela, ou para alguém como eu, finalmente começar a amar a história da Cinderela (confesso que nunca fui fã número 1).

Além de termos Drew Barrymore como a nossa Cinderela, ainda temos Anjelica Huston (nossa eterna Morticia, de A Família Adams) como a madrasta, Melanie Lynskey (a Rose de Two and a Half Man) como a irmã malvada que é boazinha (sim, temos isso no filme), além de muitos outros.

Se vocês estão se perguntando, vocês podem encontrar esse filme no Netflix pelo nome Para Sempre Cinderela (arrasaram na tradução).

Espero que vocês gostem!