Como viver a vida?

large (3)As vezes é complicado. É cansativo. É conturbado. A vida não é sempre fácil de se viver, fácil de se levar.

Problemas aparecem todos os dias e temos que saber como resolve-los, ou não, como é o meu caso. Problemas em casa, nos relacionamentos, no trabalho, consigo mesmo, eles te consomem dia após dia até você chegar ao ponto de que não sabe mais pra onde ir ou o que fazer.

Eu estou entre diversos dilemas, sempre fui de pensar muito em tudo, mas a maioria dos meus pensamentos sempre foram meio tristes. Nos últimos dias, tudo piorou, penso na tristeza, na dor, na angustia, na desilusão, tudo com uma intensidade muito maior. Nunca fui de poucas palavras, mas minha mente não me da mais tempo livre para pensar em algo a dizer, ela funciona vinte e quatro horas por dia, sem dar descanso um minuto sequer.

Sempre gostei de estar com as pessoas que eu amo, mas ultimamente estou debatendo muito comigo mesma sobre o amor, sobre a intensidade do que eu sinto pelas pessoas ao meu redor e se realmente quero estar sempre por perto delas. Estou querendo me isolar, ir para algum tipo de ilha deserta e ficar deitada encarando a água, por dias e dias a fio, até descobrir as soluções para todos os problemas.

Sei, que para continuar vivendo plenamente, devo ignorar a maioria das coisas que acontece comigo, devo esquecer, perdoar e seguir em frente, devo fingir que não estão acontecendo algumas coisas que realmente me incomodam e de certa forma me afetam, sei que devo sorrir e seguir em frente, que devo pensar em uma solução simples para todas essas coisas que enchem tanto a minha cabeça, mas não consigo.

Esses são conselhos que dou a vocês, pessoas de sabia mente e bom coração, mas que nem a pessoa que vos fala consegue aplicar na vida real. Minha mente é um turbilhão, nada parece cooperar, e só o que eu faço é pensar em saídas impossiveis para problemas incabíveis.

Você pode ser assim como eu, ser doida, frenética e desiludida com a vida, ou pode dar valor as pequenas coisas boas do seu dia a dia, e assim, conseguir ser verdadeiramente feliz, você pode se afastar do que te machuca e se aproximar de quem ama, mas o mais importante, PARAR DE SE PREOCUPAR COM O SEU FUTURO.

Mas lembrem-se, se conselhos fossem sempre bons, eles seriam vendidos (eles são, pelos psicólogos, mas não nesse caso hahah)!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s