Todos Contra UM

book-girly-inspiration-book-memories-photo-Favim.com-219969Um belo dia acordei com vontade de tirar os sonhos da caixinha, coloca-los em prática, fazer com que a vida deixasse de ser um filme do qual eu nem sou a diretora, e então sai e gritei aos sete cantos o quanto eu sonhava alto e o quanto eu amava a vida.

E o resultado de todo aquele barulho foram pessoas negativas, pessoas pelas quais vocês só sente amor, que nunca desejou o mal, essas pessoas te sufocam, sufocam seus sonhos, te colocam pra baixo, te dizem não, criam histórias e suposições e chegam a conclusão de que sua vida será uma desilusão sem fim e de que o melhor jeito é o jeito deles.

O jeito deles é ficar quietinho, evitar mover o mundo, evitar mover a vida, deixar aquele fluxo planejado pela sociedade ir te levando, diretamente da escola para a faculdade, mesmo que você não saiba o curso que quer, depois para um emprego infeliz, porque aliás, se a faculdade em si já era infeliz, como exercer aquilo que aprendeu seria algo bom, não é mesmo? E ai a vida se passa, ano após ano, em um sobradinho no centro da cidade, aquela mesma cidade, que você sonhou tanto em deixar pra trás, como a sua cidade natal, mas não a que você ainda vive depois de anos. E esse é o plano bem traçado e seguro que o mundo joga sobre você. Uma história a qual você não se interessa nem um pouco em ler o final, uma história chata, um livro tão entediante que poderia simplesmente ser abandonado no fundo de uma prateleira mofada.

Se a sua vida fosse um livro, você o leria? Esse é o pensamento que deve nos guiar, cada decisão, cada escolha, cada luta, cada adversidade e cada pedra, ou pessoa no caminho, isso tudo vai formar um bom capitulo nesse livro? Se sim, não pense duas vezes, se jogue. Um bom autor não se inspira em livros mofados, livros que nunca nem sequer foram lidos. Um bom autor, escreve a própria história.

 

Anúncios

3 comentários sobre “Todos Contra UM

  1. Cara, é verdade. Parece que em certo momento das nossas vidas, o que as pessoas mais querem é derrubar a gente, nem que seja indiretamente. Me pergunto como existem pessoas que queiram tanto o mal da outra? Cadê o amor? Por isso livros românticos cada dia mais estão sendo esquecidos.

    • Não entendo, sabe? Compreendo as pessoas sentirem inveja, ou coisas do gênero, mas transmitir esses sentimentos ruins pro mundo? Deixar isso transparecer e afetar a vida do próximo? Já é um tanto quanto absurdo. Fico feliz que tenha se identificado, flor ❤

    • Hoje em dia a felicidade alheia causa tristeza. Como? Não compreendo ao certo. Ó mundo ainda tem muito o que evoluir, hoje em dia não se acredita mais em felicidade verdadeira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s