Resenha: Rangers – Ordem dos Arqueiros (Livro 1: Ruínas de Gorlan)

Imagem

Sinopse: “Durante a vida inteira, o pequeno e frágil Will sonhou em ser um forte e bravo guerreiro, como o pai, que ele nunca conheceu. Por isso, ficou arrasado quando não conseguiu entrar para a Escola de Guerra. A partir daí, sua vida tomou um rumo inesperado: ele se tornou o aprendiz de Halt, o misterioso arqueiro, que muitos acreditam ter habilidades que só podem ser resultado de alguma feitiçaria. Relutante, Will aprendeu a usar as armas secretas dos arqueiros: o arco, a flecha, uma capa manchada e… um pequeno pônei muito teimoso. Podem não ser a espada e o cavalo que ele desejava, mas foi com eles que Will e Halt partiram em uma perigosa missão: impedir o assassinato do rei. Essa será uma viagem de descobertas e aventuras fantásticas, na qual Will aprenderá que as armas dos arqueiros são muito mais valiosas do que ele imaginava”

Resenha: Esse livro entrou imediatamente na minha lista de preferidos e também nos livros que eu não consegui mais largar depois que comecei a leitura,

Sim, admito que como todo livro que eu leio, demorei mais do que uma semana pra ler (pouco tempo, entre outras coisas), mas todo o tempo em que não estava lendo, estava pensando sobre o enredo da história ou conversando com alguém que já havia lido também.

Não existe nesse mundo pessoa mais apaixonada por histórias de época como eu (de época tipo, antigas, em um geral), e como a história de Rangers se passa em uma era medieval, com cavalheiros, arqueiros e tudo o que a época tem direito, eu me apaixonei pelo livro desde o inicio.

Sempre gostei muito de arqueiros, tanto em Narnia com a Susana, ou Jogos Vorazes com a Katniss, esse livro me fez adicionar mais dois arqueiros a minha lista de preferidos: Halt e Will.

O livro no geral, fala sobre quatro crianças órfãs, que foram criadas como protegidas no castelo, pois seus pais morreram como heróis, cavalheiros ou algo do gênero, entre elas, uma especial, é o pequeno Will, que sempre teve o sonho de entrar para a escola de guerra e se tornar um herói como ele acreditava que seu pai tinha sido (Will era o único protegido que não sabia quem eram seus pais). Mas na época da seleção, o mestre de guerra não o quis para a escola de guerra, e Will ficou tanto quanto desapontado.

Will era bom em escalar arvores, paredes, era bom em se ocultar nas sombras e andar por ai sem ser visto, e foi isso entre outras tantas habilidades que chamaram a atenção de Halt, o arqueiro do feudo, para Will.

Will vira aprendiz de Halt, como arqueiro, e a partir dai começam a acontecer coisas que mudarão a vida do jovem arqueiro para sempre.

Eu amei tanto esse livro, que sou até suspeita de falar a respeito dele com vocês, mas como me sinto na obrigação de dizer se recomendo ou não, devo dizer. Não, eu não recomendo. Por que? PORQUE É O MEU LIVRO, EU SINTO COMO SE ELE FOSSE UM MEMBRO DO MEU CORPO, E EU NÃO QUERO DIVIDIR COM NINGUÉM UM MEMBRO DO MEU CORPO hahah

Falando sério agora, eu super recomendo a leitura não só deste livro, mas como de toda a série Rangers. E ai, algum de vocês já leu? O que acharam?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s