Obrigado, 2014!

3Olá pessoal, depois de uma semana confinada láaaa no interior do Rio Grande do Sul, sem sinal e sem internet (confesso que foi libertador), voltei pra vocês com MUITOS posts atrasados! Mesmo estando sem internet, vale lembrar que no meio do nada, consegui um sinal wifi apenas para liberar o post de natal antes do ano novo (pelo menos isso, né?) hahah. Pra introduzir esse post de despedidas, escolhi uma foto que eu tirei nesse meu tempo de exílio, na minha opinião, minha melhor foto de 2014.

O ano acabou de novo, e fui só eu que achou que ele passou voando? Posso dizer, com todas as palavras, que o ano de 2014 me trouxe coisas incríveis, e foi um dos melhores anos dos últimos tempos (parte disso porque comecei o belo processo de ‘eliminação da puberdade’).

Nesse ‘processo’, que deveria ter um nome especial também, comecei a ver como a vida é especial e magnifica da forma que ela é, como não precisamos de todo o dinheiro do mundo, nem das melhores coisas para sermos felizes. Comecei a olhar para a natureza, para as pessoas que eu amo, para o mundo, com outros olhos, e ver quão incrível é o fato de que temos muito mais do que merecemos (na maioria das vezes).

Esse ano vi meu quarto ganhar um novo visual, vi os móveis antigos, que me davam pavor, desaparecerem, e depois de um tempo vi que não estava sendo grata por isso também. As coisas evoluíram muito nesse ano, também financeiramente (principalmente na decoração da minha casa), e no dia em que meus olhos finalmente se abriram, percebi quão sortuda eu era por ter a vida que tinha.

Acho que em partes, todas as tristezas e decepções da minha vida, se deram em conta da minha falta de habilidade em ver como a vida é linda, como minha família me ama e acima de tudo como Deus é maravilhoso em TUDO que ele me da, em tudo que ele me permite fazer.

Nesse ano criei sonhos novos, novas expectativas, e eliminei alguns mais antigos. Tive meu primeiro trabalho, meu primeiro salário, e vi que de uma forma ou outra soube administrar muito bem tudo isso. Percebi, e ainda percebo, que sou o ser mais ‘mão-de-vaca’ do mundo, e que não gosto de gastar a preço algum, e nem de ver os outros gastando (WEIRD!)

Tentei me libertar de muitas manias, mas algumas coisas nos perseguem pra sempre. Atingi alguns objetivos, mas deixei outros muito importantes para trás. Até escrevi uma listinha de objetivos antes do meu aniversário, da qual realizei mais coisas do que achava que seria capaz.

Para 2015, ainda estou em modo espera. Farei uma lista, uma nova decoração, mudarei os ares do lugar onde eu vivo, mais o mais importante, continuarei mudando a mim mesma. Vou me libertar da neura financeira, que me trás tanto estresse e nervosismo (e até causa algumas brigas), vou amar mais e expressar isso, brigar menos e agradecer mais por coisas pequenas.

Meu objetivo para 2015, acima de tudo, acima de todas as coisas, é ser feliz e viver em paz! Esse é o velho clichê de virada de ano, a paz, que é o que mais falta e o que eu mais preciso.

Enfim, além de todos os problemas, 2014 me trouxe muita felicidade e amor, e só tenho a agradecer, de todas as formas possíveis. Que venha 2015, com o dobro de todas as coisas boas que 2014 teve!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s