Review | I am mother

I-am-mother3Quando eu já tinha praticamente desistido dos filmes originais Netflix, I Am Mother surgiu como sugestão na televisão. Assistimos o trailer, parecia entregar a história toda, assim como Obsessão Secreta, porém, acreditamos por um momento que poderia ter algo de surpreendente e diferente.

E acertamos. Que filme incrível! Com certeza o trailer não entrega a história toda, isso seria praticamente impossível. O enredo consegue te surpreender do início até ao fim. Vale a pena cada minuto assistido.

Resumindo, I Am Mother é um filme de suspense/ficção científica que se passa em um futuro pós apocalíptico. Um robô recebeu a missão de repopular a Terra após eventos desconhecidos terem exterminado a raça humana e acabado com as condições de vida no planeta. Esse robô, conhecido por nós como Mãe, cria seu primeiro humano, uma menina, a qual é chamada de Filha.

Tudo corre perfeitamente bem, até que um dia, uma mulher (sim, outro humano) acaba entrando na unidade de repovoamento onde Mãe e Filha moram, e virando a vida delas de ponta cabeça.

O laço afetivo criado no decorrer dos anos entre a humana e o robô, se encontra em perigo quando a nova convidada começa a contar verdades completamente diferentes das que a menina conhecia até então.

É a partir daí que começa o suspense, a ação e as descobertas. Quem é o vilão? Qual é a verdade? Em quem devemos confiar? Que lado a Filha irá escolher? O que realmente aconteceu com o mundo e o que acontece lá fora? São todas perguntas que irão ser respondidas no decorrer do filme.

Eu amei a história, os personagens (principalmente a Mãe) e a fotografia do longa. Valeu a pena cada minuto assistido e eu com certeza indicaria o filme para qualquer pessoa que queira assistir algo fora dos padrões e ter assunto pra debater com alguém por horas.

Nota 10/10!

Review | Obsessão Secreta

dfsgdfg_9UnCm1RVamos falar sobre um dos piores filmes que a Netflix já fez nos últimos tempos?

Pra começar, quando eu assisti ao trailer desse filme de suspense, original Netflix, eu pensei: Deve ter algo de surpreendente no enredo ou no final da história, não é possível. Por que eu pensei isso? Porque o trailer conta TODA a história do filme. Do começo ao fim. Depois de ver o trailer o nome do filme poderia ser Obsessão Nem Tão Secreta Assim.

Começando com o trailer regado de spoilers e que já entregava cada detalhe de cada mistério desenvolvido durante a 1 hora e 37 min do filme, infelizmente Obsessão Secreta não me surpreendeu e conseguiu entrar na minúscula, quase inexistente, lista de filmes que realmente não me agradaram.

O filme conta a história da jovem Jennifer Willians (Brenda Song), que acaba perdendo a memória após ser atropelada por um carro. O fato é que ela só foi atropelada por esse carro, no meio da noite, em meio a uma tempestade, porque estava fugindo de alguém que visivelmente estava tentando matá-la.

Eu já fui mais fã de terror e suspense, mas mesmo não amando mais o gênero nos dias atuais, confesso que senti sim uma certa aflição e medo durante alguns momentos do filme, mesmo sendo cheio de clichês de filmes de suspense.

Eu achei o filme mal montado, cheio de pontas soltas e histórias mal contadas. Os personagens eram vagos e não tinham muita conexão, até mesmo os que eu achei que ia gostar e me conectar melhor, acabaram me decepcionando (vulgo detetive). Tem fatos que foram citados que simplesmente não fazem sentido e coisas que não condizem com a realidade. Eu simplesmente fiquei com aquela cara de ‘O QUE FOI ISSO?’, no final.

Enfim, assistam o trailer e tirem suas próprias conclusões. Pra mim, esse é um filme nota 1/5 (ou menos).

Review | O Rei Leão – Live Action

MV5BMjIwMjE1Nzc4NV5BMl5BanBnXkFtZTgwNDg4OTA1NzM@._V1_CAN YOU FEEL THE LOOOOVE TONIGHT? 

Desculpa, a emoção ainda não passou. Finalmente assisti o Rei Leão – Live Action no final de semana passado e senti a necessidade de vir aqui contar pra vocês o que eu achei.

Primeiramente é importante ressaltar que eu não cresci vendo Rei Leão, na verdade só vi a animação ano passado, uma única vez e ainda vi em inglês, então não estava esperando a décadas como a maioria das pessoas da minha idade.

Segundamente, não sou nenhuma expert de cinema, então TUDO que eu falo aqui no meu blog é simplesmente a minha opinião e é bem difícil alguma coisa me desagradar haha

Agora vamos aos finalmentes. Eu amei o filme, diferente do que muitos críticos e fãs da franquia falaram. Convenci meu namorado a assistir legendado, então tive o prazer de ouvir a rainha Beyonce cantando e dublando a Nala, o que foi uma das coisas que mais amei no filme.

Concordo com muitos críticos que falaram sobre os leões 100% reais não passarem a mesma emoção dos da animação, mas no final das contas, isso era algo que todos sabiam que ia acontecer.

Eu fiquei impressionada com a fotografia do filme, desde o primeiro momento, tudo foi impecavelmente montado. Eu fiquei de queixo caído o tempo todo.

Acho que não preciso fazer muita propaganda desse clássico. Mesmo se você tem medo de se decepcionar, ASSISTA! Pouquíssimas coisas foram alteradas e, na minha opinião, só foram alteradas para melhor.

Review | Alguém Especial

someone-great-posterHello hello! Como quem é vivo sempre aparece, estou aqui novamente depois de três ou quatro longos meses sem postar nada. E para não perder o costume, vim falar de um filme MARAVILHOSO que assisti no mês de julho: Someone Great (em português, Alguém Especial).

Someone Great é uma comédia romântica, situada em New York City, que conta a história da jovem escritora de críticas musicais, Jenny Young. A Jenny é ninguém mais, ninguém menos do que a nossa tão amada Jane, de Jane The Virgin, mais conhecida como Gina Rodriguez, uma das atrizes mais incríveis da atualidade.

O enredo principal do filme é a história de amor da Jenny com o Nate, seu namorado da época da faculdade, com quem ela está há quase uma década, todas as mudanças do relacionamento, as pedras no caminho e etc, MAS, o arco que mais me prendeu e que eu mais amei, com certeza foi o das três melhores amigas. Jenny, Blair e Erin são amigas desde a época da faculdade e são inseparáveis.

No decorrer do filme, Jenny tenta resolver seus problemas amorosos, passa por altos e baixos, mas sempre ao lado das suas amigas/irmãs. É incrível cair na farra com elas, rir e se identificar com os erros e com os acertos.

Além de tudo isso, o filme ainda conta com uma trilha sonora INCRÍVEL, que eu baixei no Spotify e estou ouvindo em looping.

Esse é o filme perfeito para um sábado a noite com as amigas, comendo brigadeiro e muita pipoca!

5 Clássicos de Natal Para Maratonar

O melhor mês do ano finalmente começou, e nada melhor para comemorar do que maratonar uma série de filmes natalinos, não é mesmo? A gente ainda tem 22 dias até o natal, então melhor começar logo.

1. O Grinch

2. O Expresso Polar

3. ELF

4. O Estranho Mundo de Jack

5. Os Fantasmas de Scrooge

  • Extras: porque minha criança interior não me permitiria deixa-los de lado

Barbie: Um Natal Perfeito | Barbie: Uma Canção de Natal | Barbie: O Quebra-Nozes |Shrek Especial de Natal

Então é isso, meus amigos, tenham uma boa sessão natalina!

Review | O Espírito do Natal

MV5BYzcyM2MxNzMtYzEzNi00MjRlLWI2YTItM2U0MWZlZDVkNjNhL2ltYWdlL2ltYWdlXkEyXkFqcGdeQXVyMTU5MjU5MTM@._V1_UX182_CR0,0,182,268_AL_ Que as sessões natalinas comecem! Esse final de semana eu assisti muitos filmes de natal, e um deles foi O Espírito do Natal. Eu descobri esse filme enquanto passeava pelo Netflix aleatoriamente procurando um filme de natal legal para assistir. E achei um muito mais do que legal.

O filme é um clássico filme natalino, cheio de clichês (porque se não fosse assim eu nem gostaria haha). Ele começa nos introduzindo a Kate, uma advogada extremamente workaholic e que nunca se deu bem no amor. Seu mais novo caso é um caso de herança que envolve uma mansão/hotel bem afastado da cidade grande. O problema desse caso é que todos os corretores que foram avaliar o local e coloca-lo a venda saíram de lá correndo. O motivo? A casa é mal-assombrada. Ou melhor, MUITO BEM assombrada.

O fantasma é o nosso protagonista, Daniel, que era dono do hotel, quando foi assassinado a 95 anos atrás. Ao mesmo tempo que ele é extremamente charmoso e sedutor, ele é um fantasma rabugento e faz de tudo para que a Kate saia da casa dele e volte para a cidade grande.The-Spirit-of-Christmas-1Mas nossa menina não desiste e continua na mansão para tentar ajudar Daniel a descobrir o motivo pelo qual continua preso na casa mesmo depois de tantos anos. Para ser mais especifica, a maldição de Daniel consta em “aparecer” durante 12 dias do ano, como se fosse um ser humano qualquer. Ele pode tocar, comer e sentir tudo que um ser humano normal sente, do dia 13 ao dia 26 de dezembro, quando volta a ser um fantasma daqueles que atravessa paredes etc.

Eu acho que o fator “fantasma bonitão que não lembra como morreu e tem que redescobrir seu passado” é o que torna o filme tão diferente de qualquer outro filme do gênero. Cheio de flashblacks e mistério, a trama acaba se destacando entre as demais.

No geral esse clássico de natal seria um 10/10 para mim, se não fosse pelo final. Obviamente não posso dizer porque o final me deixou meio WHAT?, mas posso garantir que nem sempre dar ao público o que o público quer é o melhor a ser fazer.

Review: É O FIM

thisistheendOla! Tudo bem com vocês? Eu espero que sim! Hoje vim fazer um tipo de post pra vocês que eu não faço a muito, mas muito tempo MESMO, que é nada mais nada menos do que o review de um filme.

Peguei meu incrível domingo a noite para assistir o maior número de comédias possíveis que estivessem passando na televisão, e por sorte do destino acabei achando o filme É O FIM.

O filme conta a história dos amigos Jay Baruchel e Seth Rogen (sim, os atores mesmo, todos no filme interpretam eles mesmos), que em uma bela noite em Los Angeles, decidem ir em uma festa na casa do ator James Franco. Essa festa contava com a presença de diversas outras celebridades, como Emma Watson, Rihanna e Jonah Hill. 

Tudo ia normalmente, como em qualquer outra festa, até que de repente acontece um terremoto, pessoas são ‘puxadas’ para o céu em grandes flashes de luz azuis e eles descobrem que estão no meio do apocalipse e do julgamento final.

Todos aqui devem saber que eu sou evangélica, mas uma dica, se você também é, mas não sabe, assim como eu, entender piadas, rir de coisas sem sentido e entender que tudo não passa de uma brincadeira. NÃO ASSISTA, porque o filme faz MUITAS referências a Deus e a bíblia, que você pode não gostar.

Depois de 90% do pessoal morrer tragicamente em diversos tipos de acidentes causados pelo terremoto, os sobreviventes se refugiam na casa do James, trancando todas as entradas e fazendo estoque de toda a comida.

As ruas estão em chamas, a terra esta se abrindo, se você olhar pra fora pela janela, provavelmente perderá a cabeça. Mas até ai tudo bem, o bizarro é quando o Jay finalmente descobre que aquilo é o apocalipse e eles começam a ver dezenas de demônios diferentes rondando pela cidade e entrando dentro de casa.

O filme é incrível, super engraçado, o elenco é ESPETACULAR, e a história, tenho que admitir, foi super bem bolada e estruturada. Já falei que o elenco é INCRÍVEL?

Só não achei maneiro o fato das pessoas continuarem sendo salvas mesmo depois que o mundo já tinha “acabado”. MAS, como eu disse, é questão de saber entender a história. Ah, e o paraíso é COMPLETAMENTE diferente de tudo que você possa imaginar.

Eu super recomendo, é uma comédia muito divertida e que pode até te dar alguns sustinhos em determinadas partes.

5Cinco Estrelas só pelo show do Backstreet Boys no paraíso hahah

Espero que vocês gostem e mil beijos de luz!