Resenha | Pretty Little Liars – Perversas #5

Se você ainda não leu os quatro primeiros livros da série, Maldosas, Impecáveis, Perfeitas e Inacreditáveis recomendo que você vá para os outro post. Já que essa sendo a resenha do quinto livro da série, provavelmente conterá comentários sobre os livros anteriores!

Primeiramente para quem achava que finalmente as garotas teriam um minuto de sossego já que -A havia sido descoberta, e morta consequentemente, não fiquem muito esperançosos, pois ainda vai levar muito tempo para as nossas Liars terem uma vida “normal” novamente!

Lá pela metade do livro, nós finalmente descobrimos como as nossas Liars ficaram amigas. As garotas contam que durante a Capsula do Tempo da escola, um ritual em Rosewood Day onde cada aluno deve procurar por pedaços da bandeira da escola e decora-los para serem eternizados dentro da capsula, a “hierarquia” escolar que Ali vinha construindo a anos, de repente se rompeu, obrigando a escolher novos membros para o seu grupo. Coincidentemente, na noite do dia em que Ali se gabara de ter conseguido o privilégio de ter um pedaço da bandeira, Spencer, Aria, Hanna e Emily apareceram ao mesmo tempo no quintal da casa dos DiLaurentis com o mesmo objetivo: roubar o pedaço da bandeira de Ali.

E a partir desse dia, muitas outras coisas foram descobertas.

Depois dos incidentes do ultimo livro (Inacreditáveis) as garotas começaram a receber ajuda de uma terapeuta, que tinha como o objetivo, ajuda-las a superar a morte de Alison, ajuda-las a seguir em frente, a esquecer os segredos, os momentos íntimos, tudo. Ela começa dando a ideia de que cada uma das meninas enterre em um saco plastico sua maior lembrança de Alison DiLaurentis, mas é claro, isso não ajudava em nada em relação a -A e todos os reais problemas pelos quais as garotas passavam.

Depois da morte de -A vocês achavam que as meninas ficariam em paz? ERRADO! Após algum tempo, muita investigação e julgamentos, misteriosamente elas voltaram a receber mensagens anonimas. De quem? Ninguém desconfiava.

 Mas como se os problemas de -A já não fossem grandes o suficiente, elas ainda tem seus clássicos dramas familiares. Hanna esta tendo de suportar a presença de sua não tão agradável madrasta e sua diabólica meia-irmã Kate em sua casa, além de um relacionamento não tão saudável com seu namorado, Lucas. Depois de levar meses tentando reconquistar a confiança da mãe, Aria se pega sendo beijada pelo novo namorado de Ella (que Aria acabou paquerando antes de saber que ele sairia com sua mãe), e com as ameaças de -A é obrigada a tomar uma decisão muito complicada. Spencer tem que lidar com o desprezo e desconfiança da família, o ódio de sua irmã e a duvida que o testamento de sua falecida avó trouxe a tona. Emily não sabe mais o que fazer da vida, depois de fazer sua família aceitar finalmente sua opção sexual, se pega brevemente apaixonada pelo “carinha legal da igreja da sua mãe”.

Com certeza Perversas não é o meu livro preferido da coleção, mesmo com uma série de assuntos novos a serem tratados, novos mistérios, novos crimes e segredos e até um novo -A, o livro em sua maior parte chega a ser bem monótono e cansativo. Mas mesmo assim já estou totalmente ansiosa para ler o próximo livro da série, Destruidoras.

A coleção Pretty Little Liars é uma coleção totalmente direcionada ao publico adolescente, que foca muito em problemas normais de um adolescente, e é claro, nos problemas “normais” de Rosewood, mas mesmo sendo a tipica novela americana, a coleção, assim como a série de TV, conquistou um lugar e tanto na minha lista de preferidos!

5 a

5 b

5 c

5 d

5 e

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s