Review | The Vampire Diaries (05×15 – “Gone Girl”)

Sem duvidas o melhor episódio da temporada. Todos que acompanham a série sabem das artimanhas que a Katherine andou aprontando, e muitos fãs ficaram chateados com o possível “novo rumo” da série, mas não eu, que particularmente odeio a Elena e amo a Katherine.

Voltando ao assunto, no ultimo episódio, Stefan e Caroline, nossas mentes brilhantes de TVD, descobriram o que nossa vilã preferida vinha aprontando, e nesse episódio, atualizaram todos os outros personagens da série sobre tudo. Também tem o fato de Tyler ter mordido Nadia, o que fez minha Kath abandonar um pouco o Stefan (sim, milagres acontecem) e entrar um pouco no papel de boa mãe.

Pra quem não esta entendendo é o seguinte, Katherine possuiu o corpo da Elena, e pelo que eu tinha entendido, se livrou do nosso estorvo em forma de vampiro de uma vez por todas. Mas não, isso se revelou ser apenas uma breve ilusão da minha cabeça.

Depois de encontrarem o local onde Katherine/Elena estava se escondendo com a Nadia, Stefan e companhia resolveram aproveitar um momento de distração da Katherine para “roubar” o “corpo” da Nadia, tendo assim um motivo para atrair a Kath.

O mais chocante desse episódio pra mim, foi como os diretores não tiveram o minimo de pena de nós, fãs, eles mataram a Nadia e a Katherine no mesmo episodio, fizeram a gente chorar vendo as memorias falsas que Katherine colocou na cabeça da filha antes que ela morresse, mas o pior ainda, na minha opinião, foi ver que a Katherine não pode passar para o outro lado, mas que sim, foi puxada para um buraco negro, indo para sabe-se lá onde (inferno, na minha opinião). Se eu nunca mais ver Katerina Petrova nessa série, não terá mais graça nenhuma. Fica a dica.

Ficam aqui pra vocês algumas fotos das cenas mais “marcantes” do episódio. A despedida da Kath (ela se despediu de todos), e o momento em que ela tenta passar para o outro lado.

ImagemImagem

Review: The Vampire Diaries S05EP09 (The Cell)

Image

Tudo bem, eu confesso, fiquei totalmente limitada da minha vida online durante muito, muito tempo, mas não pude resistir depois de assistir o ultimo episódio de The Vampire Diaries que foi ao ar.

Nada vai me deixar menos emocionada com esse episódio do que eu estou, logo no inicio eles já mostram a Mystic Falls de 1953, onde Damon chega na casa dos Salvatore e é atacado por Joseph Salvatore, que teria sido pago para entregar o tio para a sociedade Augustine, mas antes de ficar desacordado, Damon mata o sobrinho (mesmo assim ele é levado por um membro da Augustine, então, sem esperanças).

Stefan esta tentando evitar que a Katherine se mate, ele sugere que ela escreva um diário, o que definitivamente não corre em suas veias, como nas da Elena e do proprio Stefan. Ela sugere que ele não esta em condições de tomar conta dela já que o mesmo vive tendo ataques de pânico e quebrando a casa, devido a seus dias no cofre. Então ela chama reforços … Caroline, lógico.

Damon passa um bom tempo relembrando coisas que aconteceram com ele na época da antiga sociedade Augustine, esperando que tudo aconteça novamente, agora que foi recuperado pela sociedade.

Elena vai pedir ajuda a Aaron para encontrar seu tio Wes (o mestre torturador da Augustine), e ele acaba o levando a casa dos Whitmore, onde surpreendentemente (isso foi ironia), Wes insere verbena nela e a leva para o porão (com celas, onde ele guarda todos os vampiros capturados, no momento, só o Damon).

Aaron fica sabendo de toda a história da sociedade Augustine e sobre os vampiros, Damon conta pra Elena sobre seus tempos ali e sobre o amigo que fez naqueles 5 anos, Enzo, e como o deixou morrer quando finalmente conseguiu fugir. Aaron vai com uma arma tentar tirar respostas da Elena, pedindo sobre seus amigos mortos e sobre seus pais, e é ai que Damon conta sobre seu plano de vingança, que planejou ainda na primeira vez em que ficou preso ali, sobre matar todos os membros da família Whitmore, sempre deixando um vivo para começar uma nova geração, a qual ele mataria toda novamente, e assim, consecutivamente.

Enquanto isso em Mystic Falls, Caroline tranca Stefan em um cofre e tenta de todos os jeitos o curar do seu novo trauma, mas só consegue alguma coisa quando Katherine entra no cofre com ele, e a base de tortura psicológica (no que ela é MUITO boa), ele percebe que força a dor física para esquecer a emocional.

Mas o auge do episódio pra mim continua sendo quando Katherine e Stefan, meu shipp eterno, finalmente se beijam, e provavelmente fazem outras coisas também, devido a alguns sons que a Caroline escuta depois haha

No fim, para encerrar um dos melhores episódios da temporada até agora (na minha opinião), Elena é levada pra sala de tortura e descobre, para surpresa de todos (até minha, que sempre prevejo o imprevisível), que Enzo esta vivo, e continua naquele lugar desde 1953 (sendo que ele já estava ali a 10 anos quando Damon chegou).

O que eu posso dizer? TVD me trouxe de volta pra vocês, ou melhor, esse episódio MARAVILHOSO me trouxe de volta pra vocês.

Review | The Vampire Diaries (S05EP02 : True Lies)

Imagem

Estou totalmente impressionada com essa nova temporada de The Vampire Diaries. Não quero que me interpretem mal, então devo dizer que sou totalmente apaixonada por todas as temporadas da série, e nunca achei um defeito em um episódio sequer (isso é meio exagerado, mas realmente, pouquíssimos defeitos).

Mas durante esses dois episódios novos da nova temporada, não tive MESMO do que reclamar. Não sei se é pela presença marcante do Silas.

Sendo Stefan, Silas não vem tentando esconder nada, ele esta sendo totalmente ele mesmo, ao natural, matando, hipnotizando, tomando sangue em copos descartáveis e ameaçando a cidade toda, e sim, eu gosto desse jeito.

Silas ainda visitou a Elena na faculdade e entrou na mente dela, influenciando-a a matar o próprio namorado. Agora tenho certeza que Silas é do time Stelena (haha).

O vilão da vez esta em uma “jornada” em busca de Katherina Petrova, que esta, se é que isso é possível, muito mais acida sendo humana do que quando era vampira. Pelo menos essa perseguição toda (que ninguém sabe o motivo) rendeu algumas boas cenas entre Katherine e Jeremy, o caçador bombado/Gilbert.

Devo admitir que estou gostando de Katherine e Jeremy juntos (ou a caminho de ficar juntos). Matt, a bolsa de sangue ambulante, finalmente terá algum préstimo nesse episódio (na verdade ele vem tendo uns papeis bem importantes nessa temporada), mas também atribuo isso aos ciganos que estão controlando sua mente para se vingar do Silas.

Okay, vamos sair de Mystic Falls e focar nos problemas na faculdade. Elena e Caroline tem um professor sinistro, que supostamente (segundo o Jesse, que esta totalmente gamado na Carol) faz parte de um grupo secreto. Caroline esta quase caindo na lábia do Jesse, quase esquecendo a existência do Tyler, mas eu ainda acho que ela deveria tomar cuidado e não dar confiança pra qualquer moço musculoso que aparecer pelo caminho.

A cópia Petrova (Elena) volta para a cidade natal pra checar o que esta acontecendo com o Stefan, pra tentar encontra-lo finalmente. Olha, eu espero que ela não fique toda preocupadinha e sossegue esse fogo Petrova. Não quero mais triangulo amoroso, já que todos perceberam que os episódios ficam muito melhores sem ele.

Acho que dizer que a Xerife Forbes encontrou (rápido demais pro meu gosto) o cofre onde supostamente o Stefan estava trancado, mas ao abri-lo (na companhia do Damon e da Elena), encontrou apenas o cadáver de um homem, com o sangue totalmente drenado. E todos aqui sabem o que acontece quando Stefan Salvatore experimenta sangue humano.

A busca pelo irmão Salvatore do “bem” começa novamente!

Se tivessem a ajuda da Bonnie seria muito mais fácil, mas a coitada ainda esta lá, do outro lado do véu, sofrendo e evitando aceitar a própria morte, ou a do pai ):

Deixem seus comentários e até a resenha do próximo episódio.

Review: The Vampire Diaries ( 5×01 – I know what you did last summer)

Imagem

Tanto tempo esperando por um hiatus que parecia nunca mais ter fim, até que finalmente, anteontem (3 de outubro), saiu o primeiro episódio da 5ª temporada, as 21:00 da noite (no Brasil, online, é claro).

Eu estava morrendo de ansiedade, com um site sintonizado desde as 20:00 da noite, mas antes da metade do episódio, minha querida mãe surtou e resolveu desligar a internet e me colocar pra trabalhar (sim, bem no dia de tvd, com tantos outros dias).

Resumindo a história, estava tão, mas tão ansiosa para assistir o episódio de TVD e o de TO (the originals), mas no fim acabei sem ver nem um nem outro.

Hoje, felizmente consegui finalizar o episódio, e já posso falar o que achei dessa dadiva de Deus.

O episódio reacendeu minha apagada chama do amor por The Vampire Diaries, e agora estou mais ansiosa do que nunca.

O que foi ver a Carol e a Elena indo para a faculdade, Katherine humana sofrendo mais do que eu (que também sou humana, só pra constar haha), Stefan afogado/enterrado com seu conflito eterno entre desligar a humanidade ou não, Bonnie morta falando com o Jeremy e mentindo pro resto do mundo, Silas matando todo mundo como se não houvesse amanhã, Tyler dando um chute na Carol, Jeremy arrebentando os colegas e sendo expulso …

Espera que fiquei sem folego, foi emoção demais para um episódio apenas.

Só tenho uma coisa a dizer, no geral, não foi o melhor episódio da série, e não foi bom o suficiente para compensar por toda a saudade que eu estava; e outra, mesmo dizendo tudo isso acima, você não precisa considerar spoiler, já que muitas outras coisas, muito mais importantes acontecem consecutivamente, como por exemplo a colega de quarto misteriosa da Elena e da Carol.

Não falo nada sobre aquela maluca, só que ela sabia sobre os vampiros haha

Assistam correndo e me contem o que acharam, não aguento sentir a aflição sozinha.