Happy Birthday to US ♥

large (3)Meus parabéns para todos nós nesse dia SUPER especial! Em pensar que a exatamente 1 ano atrás eu estava pensando em levar o blog mais a sério, e exclui minhas contas no Blogspot, com o objetivo de me mudar de vez para uma plataforma mais acessível.

Hoje completamos um ano de muita literatura, textos, desabafos, resenhas e reviews, de todos os tipos de filmes e livros possíveis. Um ano de reações das mais diversas ao assistir um episódio de uma nova série ou um filme novo no cinema.

Para comemorar, nada melhor do que reler o primeiro post da Fernanda totalmente inexperiente, de 15 aninhos, inspirada, motivada e empolgada com a chance de finalmente ir em frente com seu blog!

primeiroErros de ortografia, muito menos dicção (existe dicção escrita, não existe? hahah), essa era a minha pessoa hahah. Me orgulho de quem eu era quando escrevi esse post, mas me orgulho infinitamente mais de quem sou agora. Aquela menina birrenta, teimosa, orgulhosa e narcisista, não existe mais, agora, tenho mais paciência, expresso meus sentimentos, sei que cada momento é único, dou valor ao que tenho, inclusive ao blog e a todos vocês que me acompanham.

Só tenho a agradecer, por esse nosso primeiro ano de conquistas e inspirações! Feliz aniversário para todos nós!

Father? Padre? Vater? Pai?

largePrimeiramente, feliz dia dos pais a todos os pais que podem vir a ler isso um dia! Por segundo, espero que todas (os) vocês que tem a chance de falar com seu pai, não importa qual o meio, tenham de alguma forma desejado feliz dia dos pais para ele.

E por último, quero meio que fazer um desabafo.

Você já percebeu o poder das datas comemorativas? Aproximam filhos de pais e mães, aproximam namorados, marido e mulher, aproximam até mesmo os pais dos filhos. Fazem com que de repetente todos esqueçam de todas as suas contas e resolvam ser gentis e caridosos ao presentearem todo mundo. Mas qual o objetivo disso tudo exatamente?

O dia de hoje é um exemplo. Filhos que nunca se dão ao trabalho de ligar para o pai, nem que seja ao menos para ouvir um “Estou bem, obrigado!”, filhos que sempre reclamam de tudo que os pais fazem, mas nunca enxergam seus pontos positivos, todos esses filhos, reservaram algumas horas para comprar um presente, escrever um bilhete, almoçar com aquela pessoa que ela nunca liga, não demonstra qualquer afeto ou amor, mas nesse dia se sente na obrigação de parabenizar.

Fico um pouco machucada nessas datas comemorativas, pois sempre acabo percebendo o quão ruim eu posso ser como pessoa, filha, irmã ou até mesmo namorada. Percebo que posso vir a ser um desses filhos que descrevi a cima, e também que tenho pouco tempo e muito amor para demonstrar pelos meus entes queridos, mas ao invés disso, estou desperdiçando, estou ignorando chamadas e deixando pra depois, estou sendo aquele tipo de pessoa que só diz eu te amo em ocasiões especiais.

As datas comemorativas, também servem para isso, para nos trazer um pouco a realidade, para nos fazer sentir esse amor, esse afeto novamente, para nos lembrar que somos e dependemos de certas pessoas nas nossas vidas, e isso nunca vai mudar, então devemos aceitar o fato e seguir vivendo, amando, e demonstrando isso cada vez que acharmos necessário!

Inverno?

Olá novamente (depois de mais alguns dias de abandono)! Hoje, depois de uma semana sem internet e aproximadamente duas semanas com a pior gripe/sinusite que já tive na vida, resolvi fazer um post falando pra vocês algumas coisas decepcionantes da segunda estação do ano que eu mais odeio, o INVERNO.

Isso pode parecer contraditório para a maioria das pessoas que me conhecem, pois a grande maioria sabe que eu sou uma pessoa particularmente fã do frio. Mas então, vamos as explicações.

A estação que eu mais odeio, ou não gosto, já que ódio é uma palavra muito forte para algo tão inevitável, é o verão. Não tenho nada contra passar uma tarde na piscina, ir a praia ou andar de barco por ai, mas tenho muito contra o fato de não poder fazer nenhuma dessas coisas durante o verão, então, eu fico apenas com o calor insuportável, o suor sem fim e a falta do que fazer com esse meu cabelo gigante.

Depois, vem o tão temido inverno. Podemos dizer que eu sou uma pessoa muito propensa a doenças, mas o que é essa gripe, senhor? Eu estou praticamente em estado vegetativo, minha cabeça dói tanto que parece que levei algumas tijoladas de leve enquanto dormia, e minha tosse já cansou todos ao meu redor.

Se isso já não bastasse, essa chuva impertinente não me abandonou por nem um dia sequer (só Deus sabe quanto eu detesto chuva), e um belo dia, um temporal, com raios e tudo, acabou cortando de vez meu único meio de comunicação com vocês, minha internet. Eu tentei consertar de todas as formas, mas ela só voltou hoje, por vontade própria mesmo hahah.

Tenho tanta coisa pra colocar em dia, não só aqui no blog, mas também tenho séries para assistir, livros para resenhar, o que uma semana sem internet não faz não é?

Imagem

Intercâmbio Au Pair!

O que é o intercâmbio Au Pair? É um programa no qual, através de provas e com alguma experiência, você vai para outro país para ser babá. Eu sempre achei isso bem atrativo, já que AMO crianças mais do que tudo nesse mundo e sou particularmente boa com elas. Mas, hoje, quando descobri algumas coisas BEM atrativas sobre o programa, descobri compartilhá-lo com vocês.

Pelo que eu pesquisei, o intercâmbio Au Pair dura de 6 meses a 1 ano, e para realiza-lo você precisa ter um número de horas específicas de experiência com crianças, precisa ter de 18 a 26 anos, ter carteira de motorista e um bom nível de inglês. Primeiramente você deve realizar um prova, que revela se seu nível de inglês é bom o suficiente, depois você precisará preencher um application e por fim, fazer uma espécie de ‘vídeo’ que será postado na página da agência nos EUA.

Uma família vai te escolher a partir dos seus vídeos, suas qualificações e sua personalidade, e vai te convidar para uma chamada de vídeo pelo Skype, eles vão dizer de onde são e tudo o mais, e você vai decidir se quer passar seu tempo naquele lugar, com aquela família.


FINANCEIRO:  Agora vamos ao mais importante para a grande maioria das pessoas, os custos e benefícios.

Pelas minhas pesquisas descobri que:

  • prova de qualificação em inglês: 40 dólares
  • application: R$ 400
  • carteira de motorista (se ainda não tiver a sua): R$ 900
  • acertos com a família: R$ 1100 (em média)
  • visto: R$ 300 (em média)

Agora os benefícios, muito mais aclamados do que os gastos (ahaha). Segundo o depoimento de algumas meninas, você ainda recebe:

  • salário: 800 dólares mensais (ou seja, 200 dólares por semana)
  • cursos profissionalizantes: 500 dólares

Ou seja, o valor gasto com a viagem sai SUPER em conta, já que alguns meses você já recuperou todo o dinheiro gasto. Além do mais você vai viver praticamente de graça, não vai gastar com passagens e vai fazer uma coisa que você gosta (se é que você ama crianças como eu).

Então, é basicamente isso, aqui embaixo vou colocar o vídeo de uma garota super fofa que eu descobri ainda hoje, vagando pelo youtube, que explica tudo citado acima detalhe por detalhe ♥

Blackout

Pessoal, ontem a noite, enquanto eu escrevia um post novo para o blog, aconteceu algo bem raro aqui pelas redondezas: acabou a eletricidade.

Não foi de um bairro ou dois apenas, mas sim de toda uma região da cidade. Foi uma coisa bem irritante e que me levou a loucura.

Como eu tenho MUITO medo de escuro, e ainda por cima estava sozinha em casa, sai correndo feito uma doida atrás da luz da lua (hahah). Na hora, foi tudo pro espaço, post, computador, abajur, televisão, e inclusive a bateria do meu celular, que já estava pra lá da metade.

Nós demos uma volta ao redor do bairro e acabamos não achando a causa da confusão. Fiquei horas enterrada embaixo das cobertas na casa da minha irmã, até minha mãe chegar do serviço e me fazer companhia em casa (o que o medo não faz né galera hahah).

Eu estava com medo do escuro e de andar segurando uma vela no começo, mas com o tempo eu sempre me acostumo e acabo querendo continuar assim por horas a fio. Minhas esperanças eram de que a companhia de luz levasse algum tempo para arrumar tudo.

O leite do café foi aquecido no fogão (o que não se fazia desde que o microondas foi comprado), e tudo a partir daquele momento foi feito a luz de velas. Eu encontrei um rádio super iluminado, e ainda por cima movido a bateria, e o coloquei para iluminar meu quarto e ainda por cima carregar o meu celular. Tudo estava totalmente confortável quando finalmente a eletricidade voltou.

Na verdade não sei se eu queria isso, mas como já estava na onda, continuei com a luz desligada e cai no sono em alguns minutos.

Hoje de manhã descobri que o post que eu estava escrevendo ontem foi postado afinal, ou seja, sem problemas, nem para mim e nem para vocês!

Imagem

Novo design no blog VS rotina cansativa

Olá! Então estamos aqui de novo, mais um inicio de final de semana, sexta feira a noite, meus olhos estão ardendo, minha cabeça doendo e não tenho quase nenhum assunto ou novidade para compartilhar com vocês, então, decidi falar de duas coisas que estão mais presentes e que são atuais no meu dia-a-dia: minha rotina (que esta me enlouquecendo) e o novo layout do blog que eu improvisei rapidinho ontem de noite, por puro cansaço do antigo.

Vamos começar falando dessa tal de rotina. Pessoal, sinceramente, como vocês aguentam? Passar a vida toda trabalhando, estudando, fazendo cursos, faculdade, cuidando de família e se preocupando com contas pra pagar? Eu estou achando tudo isso uma loucura. Acordar as 5:40 da manhã, pegar ônibus 6:30, estudar, fazer provas, ir mal nas provas, entrar em desespero, almoçar em aproximadamente uma hora em um restaurante perto da escola, pegar um ônibus 13:00, trabalhar, pegar um ônibus 17:50, levar uma hora pra chegar em casa, aguentar o transito, fazer dever de casa, organizar as contas e o salario, estudar pra provas da escola e do trabalho … COMO ASSIM? Isso não estava no meu script.

Pra vocês que ainda não começaram a trabalhar, uma dica: DEMOREM, O QUANTO MAIS POSSÍVEL (não, isso não é uma dica para ser vadio forever, mas sim uma dica para não entrar em colapso nervoso com 17 anos de idade).

Então mudando de assunto, vamos falar do novo layout do blog! Eu já estava TÃOOO cansadinha daquele layout antigo do coelho da Alice (mesmo Alice in wonderland sendo minha história preferida de todas) que resolvi trocar por qualquer coisa que aparecesse, então ontem a noite peguei algumas imagens aleatórias que me lembraram eu mesma e o conteúdo do blog, joguei tudo na mesma imagem e TCHANAM, estava pronto o novo (e provisório) layout!

Deem uma olhada nessa belezura!

Imagemps: O “ser” ainda ficou muito clarinho eu acho, não tinha percebido isso na hora de editar a imagem 😦

É Bom Ser Diferente

Então você não se acha bom o suficiente?

As vezes chega um momento nas nossas vidas em que percebemos que todos ao nosso redor nos apoiariam se decidíssemos fazer algo com as nossas próprias vidas, mas nós mesmos nos colocamos pra baixo, dizemos que não conseguimos, nos fazemos sentir inferiores.

Você se acha diferente do restante? Pois isso não é uma coisa ruim por inteiro.

Pessoas iguais, pensam igual, não tem a capacidade de criar, não tem sonhos próprios e força de vontade, pessoas iguais, pensam que já existem pessoas demais no mundo como elas, e que o mundo não precisa delas.

E afinal de contas, o que esta te prendendo? Você tem alguma doença, alguma deficiência? Se sim, supere, sorria e agradeça a vida que você tem, pois as vezes, a gente percebe que a vida esta passando, NOSSA VIDA esta passando, e nós estamos apenas sentados no meio fio observando tudo passar.

Oportunidades, sonhos, amigos, aventuras, experiencias, tudo passa por nós, e não damos valor a nada. Todos aqueles anos na escola? Não são apenas uma tortura obrigatória para poder ser alguém na vida, mas também uma das épocas em que você mais vai ‘fabricar’ memórias.

Viva, aproveite, seja diferente do seu jeitinho mesmo, porque bem lá no fundo, você sabe que ninguém vai te julgar. Bem lá no fundo, você sabe que mesmo que julguem, o grande bloqueador desse jogo é você mesmo.

Seja o que você sonhou quando tinha 10 anos de idade, seja grande, seja FELIZ!

Imagem

Artes | Cerâmicas da Arte Islâmica ♥

Olá! Hoje na nossa aula de artes semanal na escola, tivemos que fazer um trabalho bem diferente: pintura em cerâmica!

Segundo alguns trabalhos apresentados, na arte Islâmica, essas cerâmicas decoradas eram muito usadas nas construções e etc, então, nosso trabalho braçal sobre a arte Islâmica foi esse.

Eu achei um dos trabalhos mais legais até agora, e achei super divertido e inspirador pintar as cerâmicas (lajotas, ou como preferirem chamar).

Aqui estão algumas fotos da cerâmica fofíssima que eu e minhas amigas pintamos ♥

ImagemImagemImagemImagem

Eu costumo falar que os meus trabalhos na escola são fofos demais pra quem os esta fazendo, mas esse passou dos limites de tanta fofura. No final, chegamos a uma conclusão, e minha amiga acabou levando a cerâmica pra casa e usando-a como porta retrato, ideia de quem vos fala haha ♥

E ai, vocês também fazem trabalhos divertidinhos e fofos na escola/faculdade?

Feliz Dias das Mães ♥

ImagemOlá! Hoje, como todos vocês devem saber, é dia das mães! Infelizmente nem todas as pessoas tem sua mãe por perto nessa data tão especial, e algumas pessoas mesmo tendo, não valorizam, mas casos a parte, vamos falar de coisas boas.

A mãe é sem dúvidas a pessoa mais presente na vida da grande maioria das pessoas do mundo, e então alguém resolveu criar nesse dia, um dia de homenagem para a mulher que dedicou toda a sua vida cuidando dos filhos!

É claro que, mãe, deve ser homenageada todos os dias, deve ter aquele abraço apertado de bom dia e aquele beijo no rosto de boa noite, é claro que sempre que você ver algo que combine com ela na rua, irá comprar e presenteá-la não importa a época do ano, e sem duvidas a elogiará sempre que seu cabelo estiver brilhoso ou quando ela escolher um look legal.

Algumas pessoas falam mal delas, durante todo o ano as xingam e falam palavrões via redes sociais, sendo que na grande maioria das vezes, as mesmas não veem essas coisas para poderem se defender. E então no segundo domingo de maio, esses mesmos filhos ingratos colocar centenas de fotos na internet, com textos de amor dizendo o quanto as amam e respeitam. Que hipocrisia não é? Mãe é mãe todos os dias, todos os domingos de todos os anos. Elas sempre se preocuparão se estamos saindo com roupas o suficiente ou se estamos levando guarda-chuva em um dia nublado. Elas ligarão pra você algumas horas após a sua partida para terem certeza de que você esta bem, e pedirão para que você ligue avisando se chegou bem ao seu destino. E acima de tudo elas sempre te amarão.

Então não só nesse dia, mas também em todos os outros dias do ano, amem as suas mães, pois elas são únicas e sem insubstituíveis. O tempo é agora, esse é todo o tempo que nos resta. Um “bom dia” e um “como vai?” não acaba com a vida de ninguém, então demonstre esse amor do segundo domingo de maio, todos os dias, de todos os meses, pelos próximos anos da sua vida.

Feliz dia das mães!

Fatos sobre mim | INVERNO ♥

Eu estou tentando listar 50 fatos sobre mim para a tag a muito tempo, mas como todo dia me vem coisas novas a cabeça e eu acabo me lembrando de hábitos e manias que só eu tenho, acabei resolvendo fazer uma sessão só de fatos meus aqui no blog, pra vocês poderem me conhecer um pouco melhor.

Nesse post vou compartilhar com vocês meus fatos invernais  haha ♥

1. PIJAMAS ALL THE TIME!

ImagemEsse é praticamente o meu lema no inverno, PIJAMAS O TEMPO TODO. Na verdade agora que passo muito pouco tempo em casa, essa regra se aplica mais aos fins de semana, nos quais viro um total vegetal e praticamente crio raízes dentro dos meus pijamas de soft SUPER confortáveis ♥

2. Como MUITAS coisas frias!

Imagem

Essa é uma mania minha um tanto quanto esquisita, mas o inverno é a época em que eu mais tomo bebidas geladas e tomo muitooo sorvete. Estranho não é? Mas eu troco o chocolate quente nos dias mais ou menos por uma bela taça de sorvete de flocos haha.

3. Me visto à la Polo Norte

ImagemMeus amigos costumam me chamar de esquimó e perguntar se meu iglu estava muito frio durante a noite, mas eu não consigo evitar. Mesmo vendo que o sol esta ameaçando sair, no auge do inverno, coloco duas calças, duas meias, luva, cachecol, duas blusas, um casaco e mais tudo o que couber. Não sei se é por morar no sul e saber que aqui pode esfriar a qualquer momento, ou se é por morar na cidade mais bipolar do estado, onde em um minuto tem sol e no outro neva.

4. Leio mais livros do que no restante do ano ♥

large (3)

Eu acho que isso meio que é um fato de todo mundo. Como o inverno é mais confortável e em consequência disso muito mais fácil de se arrumar um lugar legal para ler, eu acabo lendo muito mais no inverno do que em qualquer outra época do ano, ainda mais nas férias de inverno, é uma loucura ♥

 5. Eu rezo pra que NUNCA chova!

large (4)Um dos meus maiores medos é de tempestade e chuva com vento em geral, então no inverno, época em que isso é bem comum, vivo morrendo de medo de ser pega de surpresa durante o dia com um temporal e não ter onde me esconder. Eu sei que isso pode parecer bizarro, mas sou eu, fazer o que hahah.

Então é isso, resolvi escolher apenas 5 fatos esquisitinhos dessa vez, mas da próxima juro que venho com muitas outras bizarrices minhas pra vocês.